Cremes – manipular ou comprar pronto?

O uso de cremes e loções para melhorar a aparência é um hábito já muito antigo entre as mulheres.

Atualmente os homes também tem aderido ao hábito.
Os objetivos são diversos… usar diariamente cremes para manter a pele hidratada, sem rugas, protegida do sol, sem celulite, e assim vai.

Aí vem a dúvida, comprar das melhores marcas da indústria ou mandar manipular.

Existem alguns pontos que devem ser considerados ao comprar um cosmético.
Primeiro esse creme foi feito para sua pele? Na verdade, normalmente não.
Todo creme ou cosmético fabricado industrialmente tem de ser feito para todas as peles, assim, existem ali substâncias que são úteis para alguns tipos de pele e outras substâncias para outros tipos.
Além disso, existe um ponto chave, os produtos industrializados precisam ter substâncias para estabilizar a fórmula, evitar seu envelhecimento, aumentar a absorção.
Grande parte dessas substâncias são o que chamamos de xenoestrogênios.

O que é isso? Xenoestrogênio é qualquer substância química que tenha ação sobre os receptores dos hormônios sexuais e acaba corrompendo, estragando, sua função.
As consequências podem ser várias, entre elas: aumento da formação de gordura corporal, aumento de chance de desenvolver câncer, retenção de líquidos, formação de celulite, diminuição do metabolismo.
Os principais xenoestrogênios usados em cosméticos são: Oxibenzona, Octil Metoxinamato, Bensopenona-3 (BP3), homozalato (HMS), 4-metil-benzilideno cânfora (4-MBC)-2, octil-metoxicinamato (OMC), e octil-dimetil-PABA (OD-PABA)

Assim, uma excelente alternativa para manter os cuidados com a pele e a estética é a manipulação.
Desde que o médico conheça quais são as substâncias nocivas e que se tenha uma excelente farmácia de manipulação, os cremes manipulados vão ser adequados a cada tipo de pele e as necessidades específicas de cada paciente, inclusive devendo ser ajustadas as doses e a composição de acordo com a necessidade.
No próximo post falo um pouco de cada um dos principais xenoestrogênios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 1 =

WordPress Lightbox Plugin
error: O conteúdo está protegido